Indústria Verde

Evento acontece no Vale do Jari, no Amapá

Organizado pelo SESI/SENAI Amapá, Fundação Jari e Instituto Amazônia+21, segunda edição conta ainda com participação do BNDES

Começa nesta terça-feira, 2 de agosto, no Amapá, a segunda edição do Diálogos de Projetos Sustentáveis, promovido pelo SESI/SENAI Amapá, pela Fundação Jari, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelo Instituto Amazônia+21.

Direcionado para instituições públicas e privadas, empresários, extrativistas e cooperativas, o evento visa difundir boas práticas para negócios sustentáveis na Amazônia Legal.

Nesta edição – diferentemente da primeira sediada em Brasília em dezembro de 2021 –, a organização decidiu levar os convidados para ver, na prática, como funcionam as ações sustentáveis que estão sendo adotadas no estado do Amapá e as particularidades e desafios da região.

Secretário-executivo do Instituto Amazônia+21, Guilherme Gonzales ressalta que a peculiaridade da Amazônia Legal brasileira é a sua pluralidade. Por isso, segundo ele, é fundamental estar in loco para ver como cada região lida com suas particularidades, identificar as oportunidades, além de compreender o ecossistema.

“Temos diversas realidades em cada estado, embora seja o mesmo bioma, e isso precisa ser considerado. Temos desde cerrado à floresta densa, e uma vasta diversidade cultural. Ao promover o diálogo, a gente acaba tendo a chance de estar em contato com iniciativas, buscando cumprir o desenvolvimento com base nessas oportunidades”m explicou Gonzales.

Segundo ele, são eventos como esse que possibilitam perceber as potencialidades econômicas da região. “É possível identificar potencialidades de novos negócios que buscam transformar a realidade local, além de gerar renda para a população e contribuir para o desenvolvimento econômico”, pontuou.

O Instituto Amazônia+21 é uma organização da sociedade civil de iniciativa de empresários da Amazônia brasileira, com suporte da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e das nove federações das indústrias dos estados da Amazônia Legal. Tem o propósito de apoiar negócios sustentáveis e inovadores na Amazônia, assim como fortalecer os empreendimentos existentes que dialogam com essas pautas.

Experiências – O diferencial desta edição do Diálogos é um passeio pelo Vale do Jari. Lá serão apresentados aos participantes sistemas agroecológicos e agroflorestais, além projeto de manejo florestal sustentável, em visita à Serraria Industrial da Empresa Agregue.

Antes, no entanto, na terça-feira, o evento começa com palestra sobre iniciativas ESG no Amapá, com representantes do SESI/SENAI, Grupo Equatorial, Instituto Amazônia+21 e do BNDES. Em seguida, haverá painel sobre economia verde, com temas como produção de celulose e o mercado de fibra verde, mercado de madeira certificada, investimentos e oportunidades no Vale do Jari e mercado de carbono.

Os dois últimos painéis serão sobre “Políticas públicas aplicadas à tecnologia e produção de baixo carbono” e “Biodiversidade e economia circular”. O evento tem a intenção de ser anual, não será transmitido e já está com vagas esgotadas para esta edição.

 

SERVIÇO

Datas: 02 e 03 de agosto de 2022

Local: GR Centro de Recepções e Eventos, Rua 93 – no 114 / Bairro: Intermediário (Monte Dourado PA), dia 02/08, e no Vale do Jari, dia 03/08.