Indústria Verde

Malibu - Case Industria Sustentável

PVC 100% reciclado

Malibu investe na reciclagem para produzir calçados

Apesar de sua aplicabilidade e versatilidade, a produção e principalmente o descarte do PVC são questões que precisam ser enfrentadas. O material é resistente à decomposição e, quando descartado, pode produzir gazes tóxicos que trazem prejuízos e impactos ambientais.

O PVC é muito utilizado pela indústria, em especial na construção civil, já que preenche requisitos de durabilidade, resistência e estética. Pode ser encontrado em tubos e conexões, laminados e espalmados, embalagens (filmes flexíveis e frascos), fios e cabos, calçados, mangueiras, entre outras aplicações.

A Malibu, que produz chinelos, já está investindo na reciclagem deste material e tem a sola dos seus produtos feitas com PVC 100% reciclado. O produto reciclado utilizado pela Malibu vem de empresas de São Paulo, Bahia e Ceará, que recolhem os resíduos de terceiros, os moem e os repassam para empresas de transformação.

A empresa, localizada na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, está numa região que já tem predominância na produção de calçados em plástico, couro e borracha.

A iniciativa da Malibu, nesse sentido, está alinhada à estratégia da Confederação Nacional da Indústria (CNI) rumo a uma economia brasileira de baixo carbono, baseada em quatro pilares: transição energética, mercado de carbono, economia circular e conservação florestal.

Toneladas – A empresa consome anualmente, em média, 600 toneladas de PVC que já foram utilizadas em outros produtos. Segundo a empresa, mesmo com a retração do mercado, por conta da pandemia, no fim de 2021, foram utilizadas essa quantia de PVC que poderia estar contaminando o planeta. Cada tonelada de PVC reciclada poupa, em média, o despejo de 130kg de petróleo no meio ambiente.

A empresa tem projetos ainda para implementar ações como a logística reversa direta. “Iniciamos nossa empresa em 2011 e, desde o início, já tínhamos em mente trabalhar com produtos reciclados, o que, na época, era uma tendência na nossa região”, afirmou a diretora administrativa da Malibu, Rosana Ribeiro.