Indústria Verde

Aperam busca na inovação uma forma de reduzir o impacto ambiental na produção de aço

Empresa busca formas de contribuir para a redução do impacto ambiental na produção de aço, além de melhorar ambiente socioambiental nas regiões em que atua.

Criar soluções que assegurem a proteção ao meio ambiente é cada vez mais importante para a indústria brasileira e mundial. Uma das estratégias é a aplicação de tecnologias economicamente viáveis para reduzir o impacto ambiental e o consumo de recursos naturais e energéticos. Diante desta necessidade, a Aperam South America e a sua subsidiária, a Aperam BioEnergia – a empresa produz e comercializa aços inoxidáveis, aços elétricos e aços especiais – buscam continuamente formas de contribuir para a conservação do meio ambiente, o desenvolvimento local e a melhoria das condições de vida nas comunidades em suas áreas de atuação.

A Aperam evita a emissão de cerca de 700 mil toneladas de CO2 na atmosfera, o equivalente à retirada do CO2 produzido por uma frota de 732 mil carros por ano.

Nesse sentido, as iniciativas da Aperam estão alinhadas à estratégia da Confederação Nacional da Indústria (CNI) rumo a uma economia brasileira de baixo carbono, baseada em quatro pilares: transição energética, mercado de carbono, economia circular e conservação florestal. A empresa é líder na América Latina em aços planos especiais e a única desse segmento, em todo o mundo, a utilizar apenas carvão vegetal como combustível, nascendo assim o Aço Verde Aperam. Além disso, o carvão vegetal usado pela Usina Siderúrgica da Aperam South America, no Vale do Aço, é extraído integralmente das florestas renováveis de eucalipto cultivadas pela Aperam BioEnergia, no Vale do Jequitinhonha (MG), sendo garantida, desse modo, a autossuficiência da fonte de energia.

Por meio da Aperam BioEnergia, são produzidas cerca de 400 mil toneladas de carvão vegetal por ano, gerando aproximadamente mil empregos diretos na região do Vale do Jequitinhonha e desenvolvendo também novas tecnologias para produção de carvão vegetal, com um processo que reduz a emissão de fumaça na atmosfera. “A empresa otimiza a utilização dos seus ativos florestais priorizando o atendimento à usina siderúrgica da Aperam South America e incrementa ações orientadas para a saúde, segurança, meio ambiente, tecnologia e desenvolvimento sustentável”.

“A Aperam South America é líder em redução de emissão de CO2, com a menor pegada de carbono do segmento de aços inoxidáveis e elétricos. A empresa está atuando para reduzir ainda mais as emissões de carbono e se consolidar como carbono neutro”.

Inovação – A Aperam desenvolveu o Endur, primeiro aço inoxidável de alta resistência do mundo, a betoneira ultraleve e o tambor inoxidável retornável, aplicações que trazem a reciclabilidade do aço, aumentando a durabilidade de produtos, o que se traduz em redução de consumo. Outra inovação é o projeto Manufatura Aditiva, que irá recuperar pelo menos mil equipamentos em diferentes áreas da indústria nos próximos meses, com o uso de impressão 3D.

Na Aperam BioEnergia, foi criado o “Queimador de Gases”, usado para captação de fumaça dos fornos de produção de carvão, reduzindo significativamente a emissão de fumaça na atmosfera, além do sistema de automatização do monitoramento de temperatura e controle da entrada de oxigênio nos fornos de carbonização. Isso garante dados mais precisos, otimiza os processos e possibilita ganhos em padronização, qualidade e custo do carvão vegetal. Todas essas inovações foram desenvolvidas internamente, com tecnologia própria.

No uso de energia renovável, a Aperam já tem iniciativas em outros locais no mundo, como na unidade de Châtelet, na Bélgica, que instalou painéis fotovoltaicos, em 2018, e está mudando para energia solar, a fim de reduzir a emissão de 7.300 toneladas de CO2 na atmosfera por ano. Já no Brasil, a empresa tem estudos avançados nesse sentido. A empresa também assinou um contrato de compra de ações para a aquisição da ELG, líder mundial em reciclagem sustentável de sucata de aço inoxidável e ligas de alto desempenho, fortalecendo assim a prática de economia circular. A aquisição está em fase de aprovações regulatórias.

A Aperam tem ainda preocupação com o desenvolvimento socioambiental na sua região de atuação e promove ações como o Programa de Capacitação para Operador(a) Siderúrgico. Por meio da Fundação Aperam Acesita, promove a inclusão de pessoas com deficiência, além do Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita, que, há 10 anos, incentiva iniciativas que propiciem a melhoria das condições de vida da população. Até 2030, a empresa tem como objetivos sustentáveis a redução de 11% no consumo de energia, de 30% nas emissões de CO2, de 70% na emissão de poeira, aumentar em 97% o uso de resíduos e reciclagem e reduzir em 40% o consumo de água.